A cantora santamarense Danny Assis vem com tudo com seu Arrocha repaginado. Vem ver!

Danny Assis cresceu nas rodas de samba das festas populares de Santo Amaro, é sobrinha do poeta Jorge Portugal, considerado o mestre das poesias dos “sambas chulas” do Brasil.
Ainda adolescente foi baliza de uma banda marcial, e foi aí que começou sua trajetória artística, quando o maestro percebeu sua voz límpida e potente.
Danny começou a cantar fazendo shows em barzinhos da cidade com repertório baseado nos clássicos da MPB. Numa terra dominada pelo som dos trios elétricos, não demorou a surgir os convites para tocar em grupos de axé.
Teve passagem pelas bandas: Canal 27, Trilhos Urbanos, Banda 15, Banda Percussiva Aladara, na qual fez várias apresentações com o Olodum, e na banda de Forró Macaxeira do Piqui, na cidade Trindade, em Pernambuco.
No final dos anos 90, deu-se início ao fenômeno musical, “O Arrocha.”  Danny transformou-se rapidamente em uma das maiores representante do ritmo em toda região do Recôncavo. Inegavelmente o Arrocha proporcionou a Danny a oportunidade de apresentar-se para grandes multidões em eventos importantes.
Na consagrada Festa da Purificação, Danny sempre cantou no palco principal, aonde nomes como: Banda Calypso, Fábio Júnior, Saia Rodada, Joana, Raça Negra, entre tantos outros se apresentavam. Contudo, preservava suas raízes culturais, cantando “samba de Caboclo”, desde criança nos caruru de Yansã, no quintal da casa de sua avó.
Mesmo fazendo sucesso e tendo um público fiel, Danny Assis sentia um desejo de entrar no mundo do samba por causa das suas origens, onde também houve uma projeção com várias apresentações, a exemplo do projeto “Espicha Verão” e Maniçoba Hype de Robertinho Chaves fundador da Lavagem de Paris, entre outros.
Gravou um CD com direção musical do Maestro Gerson Silva. Em Santo Amaro, gravou o “Show Mandinga de Amor” no Teatro Dona Canô, com renomados compositores como: Chico Porto, Márcio Valverde eJorge Portugal, para gravação de um CD e DVD, onde teve a participação de Stella Maris, Nicinha do Samba e os irmãos João do Boi e Alumínio do Samba Chula de São Braz.
Danny participou da tradicional Lavagem do Bonfim e do Carnaval de Salvador, com grandes artistas, chegando a ser uma das convidadas da consagrada Lavage da Madeleine, em Paris-França.
Danny passa a realizar um trabalho gospel, onde fez participação com o cantor Irmão Lázaro, dentre outros. “Gravou o CD “O SEGREDO É ADORAR”, uma passagem rápida, mas muito significativa.
Nesse período recebeu uma proposta da produção da Banda Aviões do Forró, para assumir a nova voz feminina do grupo, com a saída da cantora Solange, e por motivos pessoais, recusou o convite.
Assim, com o Arrocha pulsando em seu sangue, Danny vem com uma nova roupagem, mantendo a célula: “O AMOR”, com o romantismo e a semelhança do Sertanejo e do Forró.
Danny conseguiu agradar todo tipo de público, definindo um novo cenário, com novos elementos rítmicos, arrastando multidões por onde passa, com seu Arrocha repaginado, mas expressando os mesmos sentimentos.
3 1 vote
Avaliação do artigo
Sobre Luzia Moraes 571 Artigos
DIRETORA DE ARTE E CULTURA DO SITE CAFÉ COM SHAH e Produtora cultural, ativista socioambiental, escritora
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments