Página Inicial / Cultura / Oficinas de resistência quilombola de Quingoma – Rejane Rodrigues

Oficinas de resistência quilombola de Quingoma – Rejane Rodrigues

A energia ancestral quilombola está presente na dança da rainha quilombola Raquel, nos Söns dos atabaques, no samba de roda , na cachaça de Pitanga, no sentido de comunidade que ainda e mantido nesse território sagrado de Quingoma, cuja etnia veio em menor número para o Brasil. Esses escravos fugidos e livres se organizavam no Quilombo de Quingoma , tendo uma passagem subterrânea aberta por uma sucuri que atravessava o rio Joanes segundo a doce oralidade de Donana.
Muitas tradições quilombolas ainda são mantidas em confronto aos vários problemas de vulnerabilidades social que a comunidade enfrenta na atualidade, como mobilidade social, moradia, subsistência.
As oficinas de resistência Quilombola que ocorrerão no dia 06 de janeiro de 2019, a partir das 08:30 tem como objetivo desenvolver os potenciais de criatividade e riqueza cultual ancestral para que os quilombolas possam desenvolver o projeto de ecoturismo do coletivo Quingoma e sua sustentabilidade.
Ingresso para as oficinas 1 kilo de alimento não perecível para as famílias quilombolas. Almoço  com música para não quilombolas e não colaboradores – dez reais sem direito a bebidas que serão vendidas no local.
O evento começará com uma vivência de Biodanca com a psicóloga Joana Darc as 9 hs, começando as oficinas as 10 hs. Oficina de Percussão e Söns da natureza com Pedro Netto, oficina de Gastronomia baiana de matiz africana com Jô da Bahia que fará o caruru. Oficina de Artesanato sustentável com C e C Blaschke. Participação especial do cantor de ijexa Germano Cruz. Todos os cachês dos profissionais foram doados espontaneamente em favor do desenvolvimento sustentável da comunidade Quilombola. Produção- Coletivo Quingoma- grupo formado por voluntários que visam ao semear de potencialidades e independência dos líderes quilombolas. Abraço, Celinei Ramos Blaschke Foto by Chuck Blaschk

Presença do Saxofonista Cassiano e da jornalista Lena Sena do site Simplesmentelena

Oficinas de Resistência Quilombola
Porque a arte e a cultura são nossas armas
Data:06/01/2019-domingo
Horário- a partir das 9 hs
Local Casa do Samba, Quingoma, Lauro de Freitas/Ba
Ingressos para não colaboradores e não quilombolas- 1 kilo de alimento não perecível para doação as famílias quilombolas para participar das oficinas
Valor de almoço preparado por Jô da Bahia para não quilombolas e não colaboradores- R$10 reais ( sem direito a bebidas)
As bebidas e café da manhã serão vendidos pela comunidade quilombola como meio de renda
Programação
Vivência de biodanca com a Psicóloga Joana Darc Souza
Oficina de Percussão e Söns da natureza com o artista internacional Pedro Neto
Oficina de Gastronomia com matiz afro com Jô da Bahia
Oficina de Artesanato sustentável com C E C Blaschke
Participações especiais do cantor de ijexa Germano Cruz e o saxofonista Cassiano acompanhados de Pedro Neto
Os cachês foram doados pelos profissionais para o desenvolvimento sustentável da comunidade Quilombola.

Além disso, verifique

Oficinas de Resistência Quilombola

Muita gente do bem envolvida nesse coletivo que e nosso antro de afeto e resistencia. ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *