Página Inicial / Cultura / Oficinas de resistência quilombola de Quingoma – Rejane Rodrigues

Oficinas de resistência quilombola de Quingoma – Rejane Rodrigues

A energia ancestral quilombola está presente na dança da rainha quilombola Raquel, nos Söns dos atabaques, no samba de roda , na cachaça de Pitanga, no sentido de comunidade que ainda e mantido nesse território sagrado de Quingoma, cuja etnia veio em menor número para o Brasil. Esses escravos fugidos e livres se organizavam no Quilombo de Quingoma , tendo uma passagem subterrânea aberta por uma sucuri que atravessava o rio Joanes segundo a doce oralidade de Donana.
Muitas tradições quilombolas ainda são mantidas em confronto aos vários problemas de vulnerabilidades social que a comunidade enfrenta na atualidade, como mobilidade social, moradia, subsistência.
As oficinas de resistência Quilombola que ocorrerão no dia 06 de janeiro de 2019, a partir das 08:30 tem como objetivo desenvolver os potenciais de criatividade e riqueza cultual ancestral para que os quilombolas possam desenvolver o projeto de ecoturismo do coletivo Quingoma e sua sustentabilidade.
Ingresso para as oficinas 1 kilo de alimento não perecível para as famílias quilombolas. Almoço  com música para não quilombolas e não colaboradores – dez reais sem direito a bebidas que serão vendidas no local.
O evento começará com uma vivência de Biodanca com a psicóloga Joana Darc as 9 hs, começando as oficinas as 10 hs. Oficina de Percussão e Söns da natureza com Pedro Netto, oficina de Gastronomia baiana de matiz africana com Jô da Bahia que fará o caruru. Oficina de Artesanato sustentável com C e C Blaschke. Participação especial do cantor de ijexa Germano Cruz. Todos os cachês dos profissionais foram doados espontaneamente em favor do desenvolvimento sustentável da comunidade Quilombola. Produção- Coletivo Quingoma- grupo formado por voluntários que visam ao semear de potencialidades e independência dos líderes quilombolas. Abraço, Celinei Ramos Blaschke Foto by Chuck Blaschk

Presença do Saxofonista Cassiano e da jornalista Lena Sena do site Simplesmentelena

Oficinas de Resistência Quilombola
Porque a arte e a cultura são nossas armas
Data:06/01/2019-domingo
Horário- a partir das 9 hs
Local Casa do Samba, Quingoma, Lauro de Freitas/Ba
Ingressos para não colaboradores e não quilombolas- 1 kilo de alimento não perecível para doação as famílias quilombolas para participar das oficinas
Valor de almoço preparado por Jô da Bahia para não quilombolas e não colaboradores- R$10 reais ( sem direito a bebidas)
As bebidas e café da manhã serão vendidos pela comunidade quilombola como meio de renda
Programação
Vivência de biodanca com a Psicóloga Joana Darc Souza
Oficina de Percussão e Söns da natureza com o artista internacional Pedro Neto
Oficina de Gastronomia com matiz afro com Jô da Bahia
Oficina de Artesanato sustentável com C E C Blaschke
Participações especiais do cantor de ijexa Germano Cruz e o saxofonista Cassiano acompanhados de Pedro Neto
Os cachês foram doados pelos profissionais para o desenvolvimento sustentável da comunidade Quilombola.

Além disso, verifique

DEZ ANOS DO FORRÓ NO PARQUE. PARABÉNS!!!!!!

DEZ ANOS DO FORRÓ NO PARQUE. PARABÉNS!!!!!! Parece que foi ontem. Esta fazendo dez anos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *