Página Inicial / Cultura / Oficinas de Resistência Quilombola

Oficinas de Resistência Quilombola

Muita gente do bem envolvida nesse coletivo que e nosso antro de afeto e resistencia. Donana, Wakay, e todos que não fiz um convite individual, perdão. Muito corrida com a viagem de fim de ano . E engraçado que não tinha me atentado que as oficinas foram no dia de Reis, como se fossemos presentear o Menino Jesus. Jô da Bahia e um espetáculo já na presença, levitando miolinho como dendê no Samba de Roda, fazendo as crianças delirarem com o tacho de vatapá. Confesso que a primeira criança fui eu, a Meter o dedo naquela manjar africano e ancestral. Raquel e nossa cineasta, Roquelina, uma das mais inteligentes cabeças pensantes, Raquel a matriarca quilombola que deixa tudo tranquilo, a Rainha da Paz com a Rainha Quilombola Rejane que dança em transe e nos inebria com sua energia de axe que transborda no futuro da princesa Raquel , doce como a água do rio e de todas crianças quilombolas no grande círculo tribal orientado por Joana Darc na buodanca.

Além disso, verifique

DEZ ANOS DO FORRÓ NO PARQUE. PARABÉNS!!!!!!

DEZ ANOS DO FORRÓ NO PARQUE. PARABÉNS!!!!!! Parece que foi ontem. Esta fazendo dez anos ...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *