A corda quebra para todos, Mas a do mais fraco arromba! by Negra Luz

                              A corda quebra para todos,
                            Mas a do mais fraco arromba!

Somos iguais nas nossas desigualdades, assim pensamos na nossa condição de humanidade; mas se analisamos as condições econômicas refletidas pela desigualdade, vemos que o fosso é profundo…
Entre um lado e outro dos mundos do ter e do não ter, a distância é enorme e, a cada capítulo da nossa história, torna-se abissal.
No caso dessa pandemia, não diferente, as valas do distanciamento inter social ( parafraseando o isolamento social) são evidenciadas ao redor do Mundo. Talvez, por efeito de um “vírus globalizante” ou da “virulência da internet”, que nos proporciona ter ciência de episódios de exclusão, que se reproduzem em vários países…
Agora a pouco, lia a manchete:” O motorista de aplicativo com covid-19 que foi despejado e morreu sem teto”. Faz alguns dias: “ Racismo impede que alguns negros usem máscaras feitas em casa.“. E em vários sites: “UTIs de hospitais públicos estão lotadas“. Nestas manchetes, um mínimo retrato de um mundo desigual.
Um mesmo evento bate às nossas portas com potência bem diferente, fazendo com que a nossa condição de igualdade humana seja um mero adjetivo solto no espaço… Somos, em dura constatação, diferenciados. Igualados, apenas e tão somente, no instante da dor da morte. Só nesse único lapso. Para além do pós morte, tudo volta a depender do lugar de fala, de corpo, de teto…”, no qual se enquadrar.
E pior! Descrente de uma ampla reflexão e reprogramação dessa condição social, só vejo que as novas covas rasas (que tanto nos assustam) serão poucas para os tempos a seguir…
Sem muita crença, mas contrita com a minha Fé, sigo “à espera de um milagre”… Um panelaço por igualdade!!! Carreatas por mudanças!!! Milagres… Negra Luz ** Compartilhando reflexões…

 

 

Claudia F.S.Almeira ( Negra Luz)  – É poetisa advogada graduada pela Universidade Católica de Salvador, Contadora formada pela faculdade Cairu, Especialista em Gestão de Pessoas e direito constitucional pela UFBA.

0 0 votes
Avaliação do artigo
Sobre Shah Moises 1988 Artigos
Cineasta, editor, e produtor cultural.
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments