Documentário inédito celebra os 113 anos da Filarmônica Lira dos Artistas – Santo Amaro – Bahia – Luzia Moraes

Documentário inédito celebra os 113 anos da Filarmônica Lira dos Artistas – Santo Amaro – Bahia
O documentário “Filarmônica Lira dos Artistas: 113 anos de música” traz ao público uma história concisa e a primeira apresentação virtual desta banda musical, gravada dentro da Igreja Matriz de Nossa Senhora da Purificação, na cidade de Santo Amaro, estado da Bahia.
O vídeo será exibido sexta-feira (27), às 19h, nos perfis da filarmônica no Instagram e no Facebook (ambos @filarmonicaliradosartistas), bem como no seu canal no YouTube (https://www.youtube.com/channel/UCHMOGgxTD_6MMN6xkDdG0xA), com reprises sábado (28) e domingo (29), no mesmo horário e mesmas mídias.
Com regência do maestro Francisco Carlos Santos de Jesus, a Lira apresentará um repertório composto por dobrados e marchas que se tornaram clássicos em suas performances. A Luz de Tieta e Tropicália, composições de Caetano Veloso, também serão executadas na ocasião.
Este projeto é dedicado ao maestro Miguel Lima e a memória do professor, compositor e comunicador, Jorge Portugal, ambos santamarenses.
Fundada no dia 1º de março de 1908, a Sociedade Filarmônica Lira dos Artistas se consolidou enquanto instituição cultural fundamental para o calendário de celebrações religiosas e cívicas de Santo Amaro, através de apresentações públicas, como na Festa de Nossa Senhora da Purificação, no dia 2 de fevereiro; no dia da emancipação da cidade, em 13 de março; ou no Ato de Vereação, no dia 14 de junho, data do grito de Independência do Brasil declarado pela Câmara de Vereadores de Santo Amaro em 1822, antecipando o 7 de setembro e o 2 de julho.
Além das retretas, a importância da Filarmônica Lira dos Artistas também se revela no trabalho de formação de gerações de músicos, beneficiados pela escola da instituição quando crianças e jovens ou incorporados à filarmônica como profissionais. Muitos desses músicos têm sido impulsionados a partir da Lira a seguir carreira ao lado de ícones da música da Bahia e do Brasil, como Caetano Veloso, Maria Bethânia e Bell Marques.
Produzido por Mauricio Pessoa e Kiko Souza (que faz uma participação especial na apresentação tocando sax barítono), o projeto “Filarmônica Lira dos Artistas: 113 anos de música” contou com apoio financeiro do Governo Federal, por meio da Lei Aldir Blanc, distribuído pelo Prêmio das Artes Jorge Portugal, da Secretaria de Cultura do Governo da Bahia.
Luzia Moraes é Produtora cultural e colunista Café com Shah
0 0 votes
Avaliação do artigo
Sobre Shah Moises 1988 Artigos
Cineasta, editor, e produtor cultural.
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments