MARCOS LIMA – QUANDO EU ME CHAMAR “SHAHUDADE”

QUANDO EU ME CHAMAR SAUDADE 
Nelson Cavaquinho
Esta musica me fez pensar nos amigos e parentes que nos deixaram, sem que pudéssemos dizer o quanto os amávamos; Muitas vezes por convivermos no dia a dia com essas pessoas , esquecemos de lhes dizer o quanto lhe queremos bem e quanto gostamos de suas presenças.
Lembrei de você Marcos Lima, sempre discreto, na sua; fazendo teu trabalho para dar suporte aos teus funcionários e família, mas nem por isso deixa de ser solidário e parceiro.
Obrigado por ser meu amigo, obrigado por me ligar nas horas mais difíceis e atender meus ais.
Parafraseando o poeta Vinicius : “Mas, porque não te procuro com
assiduidade, não posso te dizer o quanto te  gosto, você não iria acreditar”
À mim, basta saber que vc esta aí.
Torço por você nobre amigo, rezo pela sua família, vocês fazem parte do mundo que optei por viver.
Quando eu me chamar Saudade….
Me dê flores em vida
O carinho e a mão amiga!!!!!
Sei que amanhã
Quando eu morrer
Os meus amigos vão dizer
Que eu tinha bom coração
Alguns até hão de chorar
E querer me homenagear
Fazendo de ouro um violão
Mas depois que o tempo passar
Sei que ninguém vai se lembrar
Que eu fui embora
Por isso é que eu penso assim
Se alguém quiser fazer por mim
Que faça agora
Me dê as flores em vida
O carinho, a mão amiga
Para aliviar meus ais
Depois que eu me chamar saudade
Não preciso de vaidade
Quero preces e nada mais
Nelson Cavaquinho
0 0 votes
Avaliação do artigo
Sobre Shah Moises 1988 Artigos
Cineasta, editor, e produtor cultural.
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments