O Projeto Internacional Arte Sem Fronteiras para a Paz e Proteção do Meio Ambiente

O projeto  de Cesar Augusto Rincón González, “ARTE SEM FRONTEIRAS PARA A PAZ”, com mais de uma centena de artistas de reconhecidos e trajetória, ele conseguiu reunir pintores, poetas, escritores, escultores, fotógrafos, de diversos países do mundo, cuja exposição inaugural teve lugar em Neiva em 2017, com a sua segunda versão em 2019 em Pitalito Huila departamento da Colômbia, e cuja terceira exposição foi  dia 28 de outubro de 2021, virtualmente com o apoio da galeria Cambass de Nova York nos Estados Unidos.
Nesta jornada incessante tende a evoluir à medida que as suas instalações procuram a paz, através da integração artística, dos valores humanos, da defesa do planeta, da proteção do meio ambiente e dos ecossistemas. Em alternativa presencial com a ajuda de uma equipe de artistas de Huíla, conseguiu instalar um monumental Mosaico alusivo à PAZ, com mais de uma centena de obras pictóricas. Ele continuará sua itinerância, pois teve uma grande recepção e proporção nas cidades da Colômbia e no país irmão México.
Sua árdua iniciativa permitiu em 2014 a formação da Fundação Cultural LUKANA, um grupo de artistas plásticos cujo objetivo é a integração e promoção da arte Huíla em todo o mundo. Em 2020 promoveu, apoiou e realizou diversas exposições virtuais como a inauguração do “VR Cambass Museum” em Nova York, “La Locura del plastic” no México, In-Tagibles da imagem na Espanha, uma série de homenagens a professores da Huila pela Universidad Surcolombiana, inauguração da casa-museu Ernesto Ríos, III Festival Arte Sin Fronteras por la Paz entre outras propostas artísticas.
Assim, é claro que nem mesmo a pandemia o impediu de continuar com suas boas propostas. Por Guillermo Martin Moreno Artista visual e escritor. César Augusto Rincón não se rendeu a pandemia, este gestor cultural colombiano, pintor, fotógrafo escritor e editor da Wikipédia este personagem que vem realizando um interessante projeto internacional em torno da arte e da paz. Segue um spoiler de sua trajetória para entrar neste cenário de sua obra, natural de Bogotá, mas por motivos de trabalho sua mãe nos anos 70 mudou-se para Caquetá onde viveu até meados dos anos 90.
Na cidade de Culiacán Sinaloa conheceu e fez duas grandes amizades em 2002, o pintor José Espinoza Moraila e o muralista Ernesto Ríos Rocha. Com o maestro Ríos estabelece diversos contatos com pintores desse país e de outros, além de realizar várias exposições de arte colombiano x mexicana, participa de inúmeros congressos, workshops e fóruns alusivos às diferenças das tendências artísticas a nível mundial.
No início de 2000, começou a organizar intercâmbios culturais com o Museu de Arte Contemporânea de Huila, universidades como Surcolombiana, Corhuila, Cooperativa de Colômbia, Autónoma de Sinaloa, Museu Galería Frida Kahlo, Casa de la cultura de la UAS, Asociación Cultural Aires de Córdoba. da Espanha, Museu de Arte Contemporânea de Bogotá, entre outras entidades com o objetivo de construir uma rede de apoio para que os artistas possam expor suas obras com mais facilidade. Desta forma, ajuda a criar e fazer parte da Organização Mundial de Artistas Integrados, Fundación Cultural MAI internacional Colômbia entre outras entidades culturais.
Em 2007 decidiu retornar à Colômbia, especificamente à cidade de Neiva, onde deu início ao projeto de galeria virtual, denominado “Mirarte Galería”, cujo objetivo principal é divulgar artistas da região e buscar a comercialização de suas principais obras. Logo sua ideia está sendo fortalecida, com a inclusão numerosa de pintores e escultores huilenses, dando origem a um site especializado em comércio, pesquisa e promoção das artes visuais.
Texto: Zenaide dos Santos Sa e Luzia Moraes.
5 1 vote
Avaliação do artigo
Sobre Luzia Moraes 278 Artigos
DIRETORA DE ARTE E CULTURA DO SITE CAFÉ COM SHAH e Produtora cultural, ativista socioambiental, escritora
Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Cesar Rincon

Excelente artículo, saludos desde Colombia