Os pretos sabem (Negra Luz)

Os pretos sabem (Negra Luz)

Tudo o que vc diz que entende
Os pretos entendem mais.
Pobreza extrema nos guetos.
Elogios a partir dos queiros.
Questionar a beleza dos cabelos.
Dintinguir os odores, como pior dos cheiros.
Fazer-los primatas.
Bois aos ferros.
Arados em terras, forasteiros…
Sim, entendem mais.

Tudo o que vc diz que já passou
Os pretos passaram mais.
Tortura, mais.
Estupro, mais.
Fome, mais.
Infância banalizada, mais.
Mulher subjugada, mais.
Analfabetismo, mais.
Veja os números!
Sim, somam mais.

Tudo o que vc diz que foi difícil
Para os pretos é muito mais.
Estudar, mais.
Doutorar-se, “anormais”.
Um bom emprego, “especiais”.
Incomuns, isolados, desiguais!
Até a ciência não nega: somos iguais.
As leis ratificam: somos iguais.
Aos sete palmos: iguais.
Mas veja!
Veja os “podiuns”!
Pesquise.
Depois me diga:
Quantos pretos verás?

E sabe o porquê?
Não entende esse detalhe?
Não aceita?
Não assume?
Duro, não é?
Desumano, existir.
Mas saiba:
O preto, a preta, sabem!
É a pele. É a cor!
E isto nunca saberás.

#VIDASNEGRASIMPORTAM

Negra Luz é advogada e poetisa

0 0 votes
Avaliação do artigo
Sobre Shah Moises 1993 Artigos
Cineasta, editor, e produtor cultural.
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments