A Casa de Cultura Jorge Amado e Nacib é grande atrativo turístico em Olivença-Ilhéus-Ba – Luzia Moraes

A Casa de Cultura Jorge Amado e Nacib + é a
antiga residência de Emilio Maron. Esta casa
foi o cenário da experiência cotidiana de um
homem que teve sua imagem associada a
construção da personagem Nacib do romance
“Gabriela, Cravo e Canela” de Jorge Amado.
Esse espaço, de turismo e cultura, é antes de
tudo uma casa. E, como laboratório vivo da
experiência cotidiana, apresenta as faces
criativas e plurais de seu território, sendo hoje
um atrativo turístico e espaço de lazer.
A Casa de Cultura Jorge Amado e Nacib + tem
como missão promover alternativas turísticas
criativas e catalisar ações culturais. A Casa
conta, ainda com o apoio institucional e
gerenciamento operativo da Agência para o Desenvolvimento Regional, Oikos.
Nacib é personagem central do livro célebre
“Grabriela, Cravo e Canela”, o Nacib é
uma evocação da tradição literária que
marca a cidade através da obra de Jorge
Amado. Esse núcleo mistura ficção com
realidade, pontes para uma interpretação
ampla sobre a figura de Nacib e, o antigo
proprietário, Emilio Maron. A arquitetura,
técnica de construção, reproduções fotográficas de documentos de época e
fotos são alguns dos elementos que compõe este acervo.
Com sua temática associada diretamente
à figura do escritor Jorge Amado (1912-2001),
reconhecido mundialmente e com uma história de vida e literária intimamente ligada à cidade de Ilhéus. Aqui se homenageia o escritor e inspira a formação de acervos da vida pessoal, da vivência literária e da história oral. Pinturas, fotografias, cartas, livros e audiovisual compõe este acervo.
Exposição dedicada aos aspectos regionais do cacau e sua história com a cidade. Um dos ciclos econômicos representativos e de grande influência nas obras e na vida de Jorge Amado.
Esse núcleo inspira as conexões do fruto com a cidade e com o imaginário literário da obra amadiana. Cacaueiro, gravuras, pinturas, cenografia e produções derivadas do fruto compõe este acervo.
Núcleo dedicado ao contexto cultural de
Olivença. Preza o respeito e valorização do
território onde se sedia a instituição e cenário da historicidade da casa. Relatantrajetórias individuais e coletivas e representa, essencialmente, a vida e o cotidiano de moradores. Fotos de época,artefatos culturais, pinturas e objetos do cotidiano compõe este acervo.
No espaço também são oferecidos produtos que são, em sua maioria, de origem local, personalizados e criados com imaginários simbólicos. Também fazem parte produtos típicos da região e entorno representando o trabalho artesanal e os saberes e fazeres do povo baiano. São apresentações criativas,
propositivas e representante, dentre tantos aspectos, das muitas nuances que a memória Ilheense nos possibilita.
Localizado em Olivença, Ilhéus, Bahia, o espaço funciona através de agendamento. Vale muito a pena conferir!
Maiores informações no Instagram: @casajorgeenacib
Luzia Moraes é Produtora cultural e colunista Café Com Shah
0 0 votes
Avaliação do artigo
Sobre Shah Moises 1988 Artigos
Cineasta, editor, e produtor cultural.
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments