Coronavírus,pânico ? abraço, beijo, aperto de mão, agora é um fator de proteção. Rita Pinheiro

 

                                                              RITA PINHEIRO / ESCRITORA

 

Bom dia , diante da real situação , acho que vale a pena relatar o que estamos passando cada um em qualquer parte do planeta. Meu nome é Rita Pinheiro arte educadora , bonequeira e escritora de Salvador Bahia; saí de minha terra dia três de março pra participar de alguns eventos no estado no Rio de Janeiro ainda quando o mundo passava pela crise de estar lidando con uma doença incontrolável. O Brasil , até então , se comportava de forma acanhada em todos os sentidos: o governo banalizava a situação e a população parecia esperar ” quem seria a primeira vítima ? “. Tudo transcorria dentro da normalidade até que o mundo virou praticamente de cabeça para baixo : eventos cancelados, decretos baixados, espetáculos suspensos, as recomendações que até então não eram seguidas passaram ser exigências , ruas vazias , ônibus transitam com poucos passageiros e o que já não se praticava : abraço, beijo, aperto de mão, agora é um fator de proteção. Hoje estou em Arraial do Cabo no Rio de Janeiro onde as pessoas são solicitadas a sairem das praias e eu praticamente isolada num quarto de hotel com meus bonecos e livros. Acho que devemos só relatar e compartilhar fatos verdadeiros , o pânico é perigoso e fatos como o : suicidio, depressão, violências, agressões, crises financeiras, intolerâncias e outros que aflorarão diante deste confinamento necessário tem que começar a ser pensado como serem combatidos.

 

Rita Pinheiro . – é escritora baiana

 

0 0 votes
Avaliação do artigo
Sobre Shah Moises 1988 Artigos
Cineasta, editor, e produtor cultural.
Subscribe
Notify of
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments